Novidades

Compulsão alimentar – Perigos, tratamento

By on Março 16, 2013

compulsão alimentar

Publicidade

Conheça sobre a compulsão alimentar

A compulsão alimentar tem mais vítimas do que imaginamos, então está na hora de sabermos sobre ela e como tratá-la. A compulsão alimentar está dentre os mais graves distúrbios alimentares, tanto quanto bulimia e anorexia que são muito comuns também. Ter compulsão alimentar significa que há algo errado com o seu sistema nervoso, que é uma das causas desse distúrbio alimentar que acarreta diversos outros problemas de saúde. Veja agora como detectar compulsão alimentar, quais são os tratamentos mais eficazes para a compulsão alimentar e como previnir essa doença.

O que é compulsão alimentar

Quem sofre de compulsão alimentar são aqueles que consomem grandes quantidades de comida de uma só vez ou então, come constantemente durante o dia e em um determinados espaços de tempo. O transtorno de compulsão alimentar é habitualmente reconhecido através de hábitos alimentares de um indivíduo, tais como a ingestão de uma quantidade excessiva de comida, mesmo se não está com fome; comer e se sentir desconfortável, empazinado e até mesmo agoniado; esconder comida para comer em outras ocasiões de uma forma voraz; comer deseperadamente enquanto houver comida disponível; comer muito quando está sob pressão; expressar descontentamento com a aparência, peso ou auto-estima. Todas essas características são de alguém que sofre de compulsão alimentar, então fique de olho nos sintomas.

Publicidade

Perigos e tratamento para a compulsão alimentar

A compulsão alimentar tende a ser por alimentos pouco saudáveis, o que pode viabiizar diversas doenças, como diabetes, pressão alta e obesidade que são as mais comuns entre pessoas que sofrem de compulsão alimentar. Após detectar a compulsão alimentar, o paciente deverá procurar um médico, o qual lhe indicará o melhor tratamento. São vários os tratamentos disponíveis para pacientes com compulsão alimentar, desde remédios para a ansiedade, acompanhamento psicológico e nutricional, como também atividades físicas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>